O Vale do Silício é um lugar que respira inovação e empreendedorismo. Novos produtos surgem a todo instante e para muitas empresas a experiência e o conhecimento de uma habilidade específica é muitas vezes mais importante que um diploma. Muitos se perguntam até quando os métodos tradicionais de educação vão existir, será mesmo que os estudantes precisam passar 4 anos em curso tradicional de administração para se tornarem bons gestores? Será que as pessoas continuaram a dedicar seu tempo e investir uma fortuna em um curso de MBA para se tornarem CEO’s dos próprios negócios? A Draper University é uma destas escolas que está revolucionando a maneira de aprender.

Draper University – A universidade dos super heróis

Draper University - a Universidade dos super herois
Draper University – a Universidade dos super heróis

Fundada por Tim Draper, um dos primeiros investidores da Tesla, Skype e Hotmail, a temática da universidade é focada em super-heróis. Tim defende a ideia que para mudar o mundo é preciso mudar a educação e na sua escola os alunos são incentivados a despertar seus super poderes. As atividades são realizadas para inspirar os estudantes a assumir riscos, colocar a mão na massa, tirar ideias do papel e no fim o trabalho de conclusão é apresentar o seu negócio para uma banca de investidores do Vale do Silício.

A Draper University tem como objetivo ensinar o empreendedorismo de uma forma totalmente nova e tem se tornado um destino global para os jovens que querem adquirir uma mentalidade de liderança, seja para desenvolver suas próprias startups ou para dar andamento a empresas já existentes. Tim reúne jovens empresários, fundadores de startups, executivos e investidores no ambiente em que não há problema nenhum falhar. Errar vai te dar experiência para voltar mais forte! Aqueles  “personagens” que muitos admiram como Elon Musk, Guy Kawasaki, por exemplo, fazem parte do time de feras que são convidados para frequentar a universidade.

As aulas são intensas, o programa inclui café da manhã e hospedagem e os alunos ficam 100% do tempo imersos nas atividades. Por todas as paredes, ideias, lembretes, metas. Logo no primeiro dia os alunos precisam escrever uma bucket list com mais de uma centena de sonhos.

Uma visita pela Draper University

Tive a oportunidade de visitar a universidade com dois brasileiros, Elisa Mansur e Gabriel Cantarin. Elisa largou seu emprego estável em uma grande corporação e um salário super atrativo para uma jovem em começo de carreira para criar a Share-O, uma plataforma de intercâmbio de habilidades, onde você pode ser tanto aluno quanto professor e o conhecimento é a forma de pagamento, o know-coin é a nova moeda.

Gabriel, deixou seu emprego e seu curso de Análise de sistemas para se dedicar ao próprio negócio e passar uma temporada nos Estados Unidos para desenvolver sua startup Byoond, uma rede social baseada que apresenta uma timeline com vídeos, fotos e postagens de pessoas baseada na geolocalização. Detalhe, que o moço tem 21 anos e já vendeu uma empresa antes de ter esta nova ideia. E quando questionaram se ele vai fazer outra rede social e competir com gigantes do mercado, a resposta foi: muitos tentam, mas poucos entregam.

Elisa Mansur e Gabriel Cantarin
Elisa Mansur e Gabriel Cantarin despertando seus super poderes.

Entre os alunos, além dos estudantes internacionais que vem em busca deste ambiente contagiante e inspirador. Muitos americanos são atraídos pela oportunidade de estar no Vale do Silício, próximo do legendário Tim, pela possibilidade de fazer networking com pessoas incríveis, de ter mentores que já passaram por esta jornada e são líderes na área em que atuam e principalmente por ter acesso a uma banca de investidores. Um pouco do que vimos por lá:

Não tem carteira convencional, as aulas são assistidas em almofadas, super descontraídas. E entre aulas tem Yoga, meditação, barzinho.

Salas de aula da Draper University
Salas de aula da Draper University

O método de aprendizagem é voltado para a colaboração e cooperação entre os estudantes, com mesas redondas em que as pessoas são incentivadas a sentar uma do lado da outra e interagir o tempo todo.

Salas de Aula da Draper University
Salas de Aula da Draper University

Leia também: Colaboração é o que faz do Vale do Silício um lugar único, onde mencionamos a Draper e o método P2P.

Draper University
Draper University

Tem sala de jogos e o tempo todo eles precisam expor suas ideias. A hora que despertar algo novo, pode escrever nas paredes sem problemas.

Paredes rabiscadas na Draper University
Paredes rabiscadas na Draper University

Vale também desenhar, se você for mais criativo desta forma.

Desenhos
Desenhos nas paredes da Draper University

Os estudantes são divididos em times e assim como há muita colaboração, conforme a atividade que parece ser a cara da Elisa…

compartilhando-conhecimento
compartilhando-conhecimento

…tem muita competitividade. Ouvi que o time que venceu não merecia! 😛

IMG_6746

Os campeões recebem uma plaquinha para registrar na parede da universidade. Na porta, tem os mandamentos em que são incentivados a decorar desde o primeiro dia de aula.

Paredes na Draper University
Paredes na Draper University

E bem no clima de empresa do Vale do Silício, também tem regalias. Nada menos que uma piscina nos fundos da Universidade. Quem não gosta?

Piscina nos fundos da Draper University
Piscina nos fundos da Draper University

Eles podem trazer convidados para visitar o local.

IMG_6750

A Draper tem também um espaço de coworking, o Hero City, onde trabalham diversos empreendedores. O tema é Unleash the Heroes: Desperte os super heróis. Você pode locar um espaço e colocar em prática o seu super poder nos seus negócios.

Coworking da Draper
Coworking da Draper

Logo na entrada do coworking tem uma réplica de um carro da Tesla, com a placa Mr Risk!

Coworking da Draper
Coworking da Draper

O espaço é pra lá de descontraído, onde heróis não tem limites!

Coworking da Draper
Coworking da Draper

No piso inferior tem um auditório para eventos e é lá que os estudantes fazem a apresentação final para os investidores.

Eu na visita no coworking
Eu na visita no coworking

Nem o banheiro fica fora do tema:

Banheiros no coworking da Draper
Banheiros no coworking da Draper

E não falta gente talentosa por lá!

Paredes estilosas do coworking
Paredes estilosas do coworking

Programas oferecidos pela Draper

A Draper oferece dois tipos de programa, o Residential Program que tem a duração de 7 semanas e no final do curso os estudantes tem a oportunidade de fazer uma um pitch para os investidores. Custa em torno de $10 mil, mas a universidade oferece várias opções de bolsas de estudos. Vale lembrar que no verão da Califórnia a maioria dos programas são mais caros, na última temporada foi $12 mil dólares.

Recentemente eles criaram o Master Program, que é um mestrado de 9 meses, é uma continuação do programa anterior que oferece uma bagagem bem mais extensa, mas também com a proposta dos alunos desenvolverem uma série de habilidades, como aprender a tirar a ideia do papel, até monetizar e viabilizar seu modelo de negócio, aumentar a rede de networking. O Máster custa $40 miil dólares.

Depois do término do curso, muitos alunos são convidados a permanecer na universidade e contribuir com as atividades dos novos candidatos, eles não recebem remuneração, mas também não tem custos extras com hospedagem e alimentação.

Como aplicar para a Draper University?

  • O primeiro passo é fazer a aplicação no site da Draper;
  • As candidaturas são analisadas no prazo de no máximo 2 semanas;
  • Os alunos selecionados, são convidados para uma entrevista de 15 minutos via Skype;
  • O estudante pode aplicar para uma das opções de bolsas disponíveis no momento da inscrição.
  • Após a entrevista, o aluno recebe uma resposta em 4 semanas.

O ideal é que a inscrição seja realizada com no mínimo 2 semanas de antecedência. Para o residential program não é necessário o visto de estudante, recomenda-se o visto de Business.

Quem pode aplicar?

Para aplicar você deve ter uma ideia de negócio e preferencialmente ter entre 18 e 28 anos. No entanto, a universidade já teve alunos com até 32 anos. As turmas tem uma média de 30 alunos, com estudantes de mais de 50 países.

As bolsas são oferecidas por diferentes empreendedores e instituições e variam de $2 mil até bolsas integrais. A maioria delas são de 50% do valor total do programa..

Os alunos confirmam que a jornada empreendedora é riquíssima, que o aprendizado convivendo com alunos de todas as partes do mundo é sensacional e que a experiência de estar no Vale do Silício não tem preço. Leia mais sobre a opinião dos alunos.

Veja nossa entrevista com Gabriel e Elisa para entender qual a visão deles sobre o Vale, sobre a Draper e os principais erros e aprendizados ! Obrigada aos dois e muito sucesso nesta jornada!

Leia também: Uma universidade que forma super-heróis. Depoimento de Renato Xavier.

E você, prefere um curso teórico ou um que te ajuda a descobrir seu super poder? Compartilhe com a gente!

Inspirada por uma das lições mais valiosas do Vale do Silício: dê o seu melhor que a vida retribui, resolveu juntar sua experiência no segmento educação internacional, seu amor por viagens e seu entusiamo por novos negócios criando o blog para compartilhar um pouco de tudo que sabe e aprende todos os dias.