A imponente torre com o relógio da Universidade da Califórnia se tornou o cartão postal da cidade de Berkeley. Subir na Sather Tower, como é formalmente chamada faz parte da experiência de quem visita a UC Berkeley, lá do alto os visitantes tem uma vista espetacular do campus e de boa parte da Baía de San Francisco. Neste post vamos te contar todos os detalhes para conhecer a torre de Berkeley.

Sather Tower, a torre de Berkeley

Sather Tower na UC Berkeley
Sather Tower na UC Berkeley

A Sather Tower é o símbolo da universidade da Califórnia, a torre tem 8 andares, 94 metros de altura e foi inspirada no Campanile di San Marco em Veneza, é a terceira construção mais alta do mundo deste gênero.

Torre da Universidade de Berkeley
Torre da Universidade de Berkeley

A torre juntamente com o portão da universidade foram financiados por Jane Sather para fazer um memorial para o marido: Peder Sather. Peter na época era um dos homens mais ricos da Califórnia e se tornou um dos fundadores da instituição. O magnata era um ávido defensor da educação pública no país.

Portao da Universidade UC Berkeley
Portao da Universidade UC Berkeley

Como visitar a torre do relógio de Berkeley

Qualquer pessoa que visitar o campus é bem vinda para subir na torre, que é popularmente chamada na universidade de campanile.

Sather Tower - a torre da universidade de Berkeley
Sather Tower – a torre da universidade de Berkeley

Pra subir, basta comprar o ticket e pegar o elevador que dá acesso ao sétimo andar, depois tem mais uma pequena escada que dá acesso ao deck de observação. Nas paredes entre o sétimo e oitavo andar, os visitantes podem conhecer todos os detalhes da história e da construção da Sather Tower.

Sather Tower - a torre de Berkeley
Sather Tower – a torre de Berkeley

Lá em cima fica o carillon de 61 sinos que despertam até hoje estudantes e moradores.

Sather Tower - a torre da universidade de Berkeley
Carillon da Sather Tower em Berkeley

O ccarrilon inicialmente contava com 12 sinos, parte dos demais sinos foram presentes da turma de 1928, que se reuniu para celebrar o 50º encontro da formatura e decidiu comprar outros em agredecimento a universidade, e outros foram doados ao longo dos anos, totalizando 61 deles.

torre de Berkeley
Homenagem da classe de 1928 para a universidade de Berkeley

Os sinos tocam diariamente às 7:50 AM, meio-dia e às 18:00 e aos domingos também às 14h.

Sinos da torre de Berkeley
Sinos da torre de Berkeley

Além das batidas do relógio, músicas são tocadas e existe toda uma técnica para manusear o instrumento, olha este vídeo que fantástico ver os “carillonists” em ação.

torre de Berkeley
Carrilon no topo da torre da universidade de Berkeley

Lá do alto, os visitantes tem uma vista linda do campus, da cidade e da baía.

Sather Towe na Universidade UC Berkeley
Vista do campus do alto da Sather Tower na Universidade UC Berkeley
Sather Towe na Universidade UC Berkeley
Vista dos demais prédios do alto da Sather Tower na Universidade UC Berkeley
Sather Towe na Universidade UC Berkeley
Vista da cidade do alto da Sather Towee na Universidade UC Berkeley
Vista da Sather Tower
Vista da Baía do alto da Sather Tower

Eu visitei a torre com a minha amiga Vanusa que depois fez um tour particular dentro do campus.

Torre da Universidade de Berkeley
No topo da torre da Universidade de Berkeley

Nós inclusive temos uma entrevista com ela explicando como mudar do college pra universidade e mostramos como você pode fazer os tours gratuitos por lá, confira nos posts abaixo:

Curiosidades sobre a Sather Tower da UC Berkeley

A torre surgiu através de um concurso de design internacional que tinha o objetivo de melhorar a parte arquitetonica da universidade, realizado em 1898. John Galen Howard foi o vencedor com o projeto inspirado na torre de São Marcos em Veneza.

Torre da Universidade de Berkeley
Torre da Universidade de Berkeley – é o principal ponto de orientação e encontro na universidade

Ela ficou pronta em 1914 e abriu 3 anos mais tarde para visitação. O preço para ir até o topo custou 10 centavos durante 65 anos. Durante a Segunda Guerra Mundial, o custo passou a ser 25 centavos pois a meta era levantar fundos para a educação. Estudantes sempre tiveram passe livre. Em 1920 este era um dos principais pontos turísticos da região e trazia receitas inesperadas pro campus. A torre fechou para reformas durante 2 anos e reabriu para visitas no início de 2003.

Torre da Universidade de Berkeley
Torre da Universidade de Berkeley

Atualmente a Sather Tower suporta um extenso programa de educação em campanologia, e abriga fósseis do Departamento de Biologia Integrativa já que o interior fresco e seco é super adequado para a preservação.

E confira nossos posts sobre cursos em Berkeley:

Quanto custa para visitar o campanile de Berkeley

A entrada é $3 para subir no alto da torre. A admissão é gratuita para estudantes, funcionários e professores da UC Berkeley, $2 para idosos, membros do Cal Alumni, crianças e adolescentes até 17. Apenas dinheiro é aceito e não é permitido subir com mochilas. Caso tenha, pode deixar na recepção. A Sather Tower é aberta das 10 às 15:45 de segunda à sexta, das 10 às 16:45 nos fins de semana.

Sather Tower - a Torre de Berkeley
Maquete Sather Tower na base da torre

Super recomendo que você tente conciliar a visita na torre com o tour no campus porque é atmosfera da universidade é incrível. Além do mais, não deixe de passar na loja que fica próxima ao Sather Gate para comprar seu souvenir da UC Berkeley 😉

Inspirada por uma das lições mais valiosas do Vale do Silício: dê o seu melhor que a vida retribui, resolveu juntar sua experiência no segmento educação internacional, seu amor por viagens e seu entusiamo por novos negócios criando o blog para compartilhar um pouco de tudo que sabe e aprende todos os dias.

Comentários

comentários

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here