Quer conhecer o Vale do Silício? Entenda como você pode se preparar para tornar sua viagem mais produtiva.

Como se preparar para ir para o Vale do Silício

Como se preparar para ir ao Vale do Silício
Como se preparar para ir ao Vale do Silício

Tenha claro qual o seu objetivo

Primeiramente você precisa ter claro qual é seu objetivo com esta viagem. Por que você está indo para o Vale? Quer entender como funciona um determinado modelo de negócio? Quer conhecer pessoas? Vai fazer um curso? Ou vai fazer turismo? Tudo bem se você tiver vários objetivos, mas é preciso ter uma agenda pré-definida e foco. Tem muitas atividades e eventos acontecendo todos os dias diversas pessoas interessantes para conhecer. Portanto, para poupar seu tempo tenha em mente o quê, quando, onde, por quê?

Conheça os grupos e as as pessoas

Existem muitos grupos, instituições, blogs e até livros que podem ser super úteis para auxiliar os brasileiros que desejam conhecer o Vale. Saiba o que estas instituições fazem, quem são as principais pessoas que podem te conectar, ative a sua rede de relacionamentos. Não estou falando apenas em adicionar esta pessoa em uma rede social, envie um e-mail alguns dias antes da sua viagem, diga claramente quais são os objetivos. Aprenda a linguagem, leia os livros, fale com empreendedores que já estiveram no Vale. Tente marcar um encontro com estas pessoas. Elas vão te apresentar a pessoas relevantes e sua viagem pode ser mais produtiva.

Se você quer entender como trazer seu negócio pro Vale a Apex por exemplo, atende diversos empreendedores, dá apoio na abertura da empresa, pode te indicar um escritório de advocacia, contabilidade, abertura de conta bancária. A Oaktech auxilia empresas que têm interesse em trazer seus produtos para o mercado internacional, além das questões burocráticas de quem quer internacionalizar a empresa.

O PubTech é um grupo para conectar pesquisadores e estudantes universitário onde você pode se conectar com outros alunos, professores e profissionais da sua área. A BayBrazil tem eventos todos os meses e reúne profissionais do Vale com interesse no Brasil e é excelente para fazer networking. A Silicon House tem programas para empreendedores com foco no ecossistema do Vale. São diferentes grupos que ajudam a comunidade brasileira e podem ser fantásticos para você conhecer durante a sua viagem.

Neste artigo temos ótimas dicas: 7 dicas para quem quer vivenciar o ambiente de startups no Vale

Fique por dentro dos eventos

Verifique todos os eventos que estarão acontecendo nas datas em que você estiver na região, sites como o Eventbrite, Meetup e Startup Digest são excelentes recursos para que você possa se programar. Se inscreva nos mais interessantes, mas saiba que todos os dias terá alguma atividade, não se empolgue, pergunte pra você mesmo, por que eu quero ir neste este evento? Defina as metas que você espera alcançar até o fim do dia, tenha foco, mas tenha tempo extra caso precise ser flexível.

Programe-se para visitar alguns espaços de Coworking ou até mesmo para trabalhar neles. Nos coworkings acontecem muitos eventos que são abertos ao público e é um ótimo lugar para quem quer conhecer e trocar ideia com outros empreendedores.

Leia também:

Conecte-se com as pessoas pelo LinkedIn

Networking é a arma mais poderosa do Vale do Silício e suas conexões podem iniciar sem sair de casa. Entre em contatos com as pessoas que você tem interesse em conhecer e que podem te ajudar. Não estou falando de ir lá e simplesmente adicionar alguém que você quer conhecer, pesquise sobre esta pessoa, mande uma mensagem se apresentando e mencionando o porque do seu contato, tente se aproximar de uma forma educada. Saiba que a forma como os brasileiros usam social media é bem diferente dos americanos. Use o LinkedIn para fins profissionais, o Twitter para acompanhar as atividades. Facebook e WhatsApp é visto como algo muito pessoal e adicionar as pessoas nestas redes sem conhecê-las não é bem visto. Lembre-se que muitos brasileiros já estão adaptados com a cultura americana e podem não gostar. Outra coisa, se coloque à disposição e diga como pode contribuir ao invés de pedir.

Leia também:

Promova seu negócio

Como prover seu negócio:

  • Tenha um perfil impecável no LinkedIn, um bom portifólio, um website bacana, a primeira impressão é a que fica e se o seu primeiro contato for pela internet, é isso que as pessoas vão checar!
  • Faça seu cartão de visitas, esta ainda é a maneira mais utilizada para trocar contatos. Se prepare para trazer uma caixa deles.
  • No Vale do Silício a sua camiseta pode ser o seu melhor cartão de visitas. Se você tem o seu negócio, coloque a sua logo no peito! Traga algumas camisetas e use em todos os eventos, é uma excelente estratégia de marketing.

Tenha bom senso

Muitos brasileiros dizem eu estou indo para o Vale e quero conhecer o Uber, Google, Tesla, Facebook, alguém pode me ajudar? Tem Pepsi, pode ser?! Ninguém vai te dar bola se você chegar pedindo, as empresas não são receptivas para receber turistas, este não é Business delas. Você pode tirar foto no letreiro em qualquer lugar, mas entrar e conhecer as empresas por dentro é outra coisa. Se você não tiver um amigo que trabalha em uma destas companhias, dificilmente você vai conseguir visitá-las se não tentar um contato com alguém que trabalha nela. Saiba responder o porquê você quer visitar estas empresas. Se você não tiver contatos, a melhor alternativa é entrar no LinkedIn e trocar uma ideia com alguém que trabalha lá explicando por que tem interesse em conhecer a empresa X, o que você faz, como pode retribuir, aí o papo é outro. As pessoas são super abertas para te ajudar, mas elas não tem obrigação nenhuma de fazer isso. O mesmo vale para indicações.

Se seu inglês é básico, você não tem conexões, uma opção super válida é fazer uma Missão ou Imersão, ela pode te dar acessos a empresas e locais onde sozinho você dificilmente conseguiria ir.

Leia também:

Decore seu pitch

Todo mundo vai perguntar sobre você e o seu negócio, o tempo todo, em todos os lugares. Treine o seu discurso e seja objetivo. Os experts costumam dizer: Só mencione algo quando você consegue dizer mais que o seu silêncio! Tente manter seu discurso entre 30 segundos e 1 minuto, fale só o que for relevante. E se seu inglês é bem mais ou menos, treine seu discurso em inglês. Você veio para os Estados Unidos e saber se apresentar e falar sobre seu negócio é o mínimo que você precisa saber falar muito bem!

Agende reuniões com antecedência

Americanos tem o costume de marcar dia e horário para tudo. Mande um e-mail, ligue com antecedência e marque uma reunião. Se você deixar para ir até o lugar e tentar conversar com x pessoa é bem provável que ela não te atenda ou alguém peça para você mandar um e-mail.

Alguns artigos dos nosso parceiro, que podem te interessar:

Tem dicas para ajudar quem está se preparando para ir ao Vale do Silício, manda pra gente!

Inspirada por uma das lições mais valiosas do Vale do Silício: dê o seu melhor que a vida retribui, resolveu juntar sua experiência no segmento educação internacional, seu amor por viagens e seu entusiamo por novos negócios criando o blog para compartilhar um pouco de tudo que sabe e aprende todos os dias.