Independente de quão minimalista ou fashionista você é, uma coisa é certa, você tem uma calça jeans no seu guarda-roupa. O popular jeans azul que é usado no mundo inteiro e por pessoas de todas as classes sociais foi um produto revolucionário criado por Levi Strauss. Os fãs de jeans que vierem a San Francisco, podem não só comprar uma calça tradicional em uma das lojas espalhadas pela cidade, como podem visitar o museu da Levi’s na sede da empresa.

Museu da Levi’s na sede da empresa em San Francisco

Levi's Plaza
Levi’s Plaza

Levi’s Plaza

Próxima ao Ferry Building, entre a Coit Tower e o Embarcadero está a praça da Levi’s. Além de ser um local bem gostoso para dar uma caminhada, sentar num café, ler um livro, os visitantes são bem vindos para entrar no prédio onde fica o HQ da empresa, conhecer o museu que conta toda a história do jeans e de quebra podem comprar um produto exclusivo de uma das mais reconhecidas do mundo direto da fonte.

Levi's Plaza
Levi’s Plaza

A praça é chamada oficialmente de Levi’s Plaza Park, é uma área repleta de verde com cascatas d’água, super bonita.

Levi's Plaza
Levi’s Plaza

Sede da Levi’s em San Francisco

O prédio é enorme, impossível passar despercebido. Foi ali que funcionou a primeira fábrica da Levi’s e até hoje é o principal escritório da empresa.

Sede da Levi's em San Francisco
Sede da Levi’s em San Francisco

Museu da Levi’s

A principal atração é o museu. Resumindo a história, durante a corrida do ouro na Califórnia, o empresário alemão Levi Strauss teve a ideia de fabricar calças para os garimpeiros com tecidos que fossem bastante resistentes. As primeiras peças foram confeccionadas com os tecidos utilizados nas cobertura de carroças. Levi Strauss confeccionou algumas peças com a lona que possuía, deu-as aos mineradores e o sucesso foi imediato, pois eram super resistentes. Este foi o início do jeanswear, o estilo reforçado de confecção, originalmente, destinado a roupas de trabalho.

 

Sede da Levis em San Francisco
Sede da Levis em San Francisco

Em 1860, foram adicionados botões de metal. Os rebites de reforço foram patenteados em 1873 por Levi Strauss e Jacob David. As tachinhas de cobre foram utilizadas para dar maior resistência aos bolsos devido ao peso das ferramentas e todos os pontos críticos das calças foram reforçados para torná-las mais duráveis. E acredite, as calças foram fabricadas para nunca serem lavadas! Se você, assim como eu já tacou a calça jeans diversas vezes na máquina, lamento lhe informar, mas você estava fazendo isso errado 😛

museu da Levi's
Museu da Levi’s em San Francisco

Os produtos chegam a reduzir 96% do consumo de água em alguns estilos e a empresa se gaba por ajudar a economizar em torno de 172 milhões de litros de água.

museu da Levi's
Sede da Levi’s em San Francisco

Ao menos eles tentam 😛 O primeiro lote das calças tinha, como código, o número 501, que acabou nomeando o modelo mais clássico da empresa. E ainda em 1886, foi adicionada a etiqueta de couro próxima aos bolsos de tráz.

Além do tradicional jeans azul, a Levi’s também é conhecida pelas jaquetas. A primeira delas foi criada em 1880.

Sede da Levis em San Francisco
Sede da Levis em San Francisco

Com o tempo os produtos começaram a ficar mais estilosos e até os surradinhos passaram e ser modernos. Hoje há vários tipos de lavagem na fabricação do jeans. Uma delas e a mais clássica é a utilização de pedras vulcânicas para dar o ar de gasto. Algumas rasuras são feitas com ferramentas de construção antes de sair da fábrica, como, por exemplo, uma esmerilhadeira.

Sede da Levis em San Francisco
Sede da Levi’s em San Francisco

As calças ganharam outra conotação quando foi adicionado o elastano, algodão e poliéster para ajudar no caimento.

Sede da Levis em San Francisco
Sede da Levis em San Francisco

Nas paredes você pode ler e conhecer todos os detalhes da empresa e do tecido. O jeans começou a se popularizar na década de 30, quando foi usado pelos cowboys, depois foi uniforme dos soldados norte-americanos e até o gênio Einstein aderiu os modelitos! O jeans resistiu às tendências e modismos, e continua sendo super popular nos dias atuais.

Sede da Levis em San Francisco
Sede da Levis em San Francisco

Hoje, a marca Levi’s é uma das mais reconhecidas do mundo quando o tema é vestuário, ela está registrada em mais de 160 países. A empresa é de propriedade privada dos descendentes da família de Levi Strauss e acima do museu funciona o principal escritório corporativo da marca.

Sede da Levis em San Francisco
Sede da Levis em San Francisco

Loja da Levi’s na sede da empresa

Na saída tem uma loja da Levi’s, claro! E se você está se perguntando se jeans é mais barato por lá, a resposta é: não! O preço das roupas é semelhante a demais lojas da marca espalhadas pela cidade. A diferença é que eles tem alguns produtos que são vendidos exclusivamente ali.

Loja da Levi's na sede da empresa
Loja da Levi’s na sede da empresa

Tenho impressão que Levi’s pros americanos é semelhante as nossas Havaianas no Brasil. Todo brasileiro tem uma e fora do país é um artigo de luxo. Quanto custa uma Levi’s no Brasil? R$200? :O

Levi's em San Francisco
Mostruário da Levi’s dentro da sede da empresa

Quem tiver o interesse em comprar calças “baratim”…recomendo os outlets.

Como visitar o museu da Levi’s?

A entrada é gratuita e o museu está aberto de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas e sábados e domingos das 10 às 17 horas. Endereço: 1155 Battery St, San Francisco. Você pode facilmente ir até lá caminhando do Ferry Building, é umas duas quadras! Os ônibus de turismo também fazem um stop em frente à praça. 😀

Inspirada por uma das lições mais valiosas do Vale do Silício: dê o seu melhor que a vida retribui, resolveu juntar sua experiência no segmento educação internacional, seu amor por viagens e seu entusiamo por novos negócios criando o blog para compartilhar um pouco de tudo que sabe e aprende todos os dias.

Comentários

comentários

1 comentário

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here