O ano inicia e com ele vem a motivação para irmos em busca dos nossos sonhos. Tempo de rever quais são nossas prioridades e o que estamos fazendo para alcançar nossos objetivos. Se estudar em outro país é um dos itens da sua lista, nós vamos te mostrar neste post como você pode juntar dinheiro para fazer seu intercâmbio. Preparados para começar o ano com o pé direito?

Como juntar dinheiro para fazer um intercâmbio

juntar dinheiro para fazer um intercâmbio
juntar dinheiro

Pra quem é novo aqui no blog, toda quarta-feira temos o post do Diário de um intercâmbio, um projeto onde a Jennyfer que está no Brasil conta pra gente como está planejando sua viagem pra estudar em San Francisco do zero e a Wal do Acontece no Vale, que está em San Francisco e já passou por toda esta jornada contribui com as dicas do outro lado. Nossa missão é poder ajudar todas as pessoas que tem interesse em estudar fora a tirar este sonho do papel.

Leia mais sobre o projeto:

Como planejar um intercâmbio do zero

Com vocês a maratona da Jennyfer em busca do orçamento da viagem:

Como economizar dinheiro para fazer um intercâmbio?

Hello guys!

Como passaram o finalzinho de 2017? Colocaram na listinha das suas metas se preparar para um intercâmbio?  Fico na torcida que SIM!!! Eu tô me preparando para o meu e como prometido vim desta vez dar umas dicas de como vocês podem começar a reservar uma grana pra isso.

Bom, primeiro de tudo você terá que decidir o seu destino, quanto tempo passará fora e o que pretende fazer lá: estudar, turismo, etc.  E aí, com base nisso, você calcula quanto dinheiro mais ou menos você precisará juntar. – Em breve teremos um post detalhado sobre isso e o destino San Francisco, já que foi onde eu decidi estudar! Aí vem o planejamento:

Controle onde você gasta seu dinheiro

Uma das coisas que tenho feito, é um controle de tudo que estou gastando. Aluguel, conta de luz, transporte, telefone, cafézinho, guloseimas, tudo vai pra planilha. Como trabalho por conta própria, é fácil ver o dinheiro entrar, mas é muito mais fácil ainda ele sair sem eu notar 🙁

Tenho algumas dívidas e isso complica um pouco, porque acabo tirando uma boa parte do que ganho para quitá-las mês a mês.

Tenha uma vida simples. Economize ao máximo!

Não tenho o melhor celular do mundo, inclusive deu um problema no meu aparelho no começo do ano passado e até hoje não consegui consertá-lo, meu notebook, tenho desde 2010 e vive travando, mas estas coisas não são uma prioridade pra mim. Não tenho carro, então não tenho gastos com isso. Os aluguéis em João Pessoa são muito caros para viver bem, mas ainda assim, eu preferi morar num apartamento mais simples e barato para economizar. Outra coisa, vou caminhar e correr na praia pra cortar os custos da academia, faço minhas refeições em casa e acabo deixando de lado algumas atividades que adoro. Também faço minha listinha de supermercado e compro só o que preciso!

Sei que é duro se privar de um Burger King da vida no final de semana, de um cineminha (que tá caríssimo), ou até mesmo de pequenas aquisições que a gente acaba fazendo no dia-a-dia. Mas, fazer o quê, né? Você tem um objetivo e se não correr atrás dele, ninguém fará por você. Lembre-se: o sonho é SEU!

Agora põe na ponta do lápis: Celular de última geração; notebook moderninho; carro, seguro e combustível; aluguel de um apartamento top; tv a cabo; um ano de academia; refeições fora de casa; bar com amigos; cinema 2x por mês. Faz aí as contas de quanto isto pode te poupar!

Faça um dinheiro extra

Em 2017 uma das coisas legais que fiz, foi vender itens que eu não usava mais. Dentre eles: roupas, camisas de times, livros, jogos, tudo que eu tinha e não precisava de fato! Você pode doar muita coisa, mas não tem nada errado em vender para juntar mais uns trocadinhos.

Mas agora vou contar o segredo de tudo: quem me conhece sabe que eu sou uma vendedora de plantão. 😛 Eu vendo tudo! Vendo trufas de casa em casa, vendo Havaianas, sanduíche natural na praia e bolinho no pote no comércio da minha cidade. Eu simplesmente deixei a vergonha de lado, para ir atrás do que eu quero. Tudo é questão de prioridade, né? Se você começar a se preparar com antecedência, vai ser bem mais tranquilo ver a graninha aumentando. E cada trocado ajuda!

5 pila ali, 50 lá e quando menos você se der conta, tem 500 na mão! 😀

Seja organizado com o dinheiro, coloque tudo no papel

Uma das maiores mudanças que fiz na minha vida foi ser mais organizada com o dinheiro. Eu coloco tudo no papel! Anoto tudo que ganhei com as vendas, todos os gastos que terei durante. Quanto entrou, quanto saiu, o que é extra e aí tenho claro, qual a média posso reservar todo mês pra viagem.

Parece coisa boba, mas estas planilhas ajudam inclusive pra você saber quando NÃO pode gastar.

Desde o momento que parei de me concentrar no que não tenho e sim no que posso conseguir, as coisas se tornaram mais possíveis para mim. Parei de ficar nos bastidores e fui lá mostrar que posso fazer acontecer o que eu quiser. A mente é mais poderosa do que você imagina, viu? Enquanto você continuar aí na defensiva, dando uma de vítima porque todo mundo consegue e você não, faça mais bonito ainda: mostre que mesmo com muitas dificuldades você passou por cima de tudo isso e conseguiu.

É isso aí gente, espero que esse post ajude e incentive vocês a lutarem também. Lembre-se para cada escolha, tem uma renúncia, e please, sem desculpas!

Você pode, é só querer. Vai por mim! O sabor da vitória assim, é ainda melhor!

Dicas da Wal pra guardar dinheiro para viajar

juntar dinheiro para fazer um intercâmbio
Olha só meu cofrinho que lindo 😀

Além de fazer parte do que a Jennyfer fez, algo que sempre funcionou pra mim foi o cofrinho da viagem. Eu decorei uma lata cheia de fotos com lugares que eu gostaria de ir e uma vez por mês tinha a obrigação de colocar R$100 lá dentro. $100 não é um esforço tão grande para poupar uma vez por mês, mas sacar R$1200 numa pegada é um arrombo no cofrinho, OMG! Eu e meu marido, sempre fizemos isso enquanto namoramos, R$100 cada e rendeu muitas viagens! A gente também colocava o dinheiro lá toda vez que deixávamos de gastar. Eu por exemplo, preparava um peixe com camarão em casa gastando R$ 30 no mercado. Aí a gente pensava, quanto custa um prato deste no restaurante X – se fosse R$30 por pessoa, a gente tentava por outros 30 que tinhámos economizado na lata! O mesmo valia pro filme em casa vs cinema. Um DVD na locadora era R$5, cinema R$15, opa…10 pila pra latinha. Lembro que ir pra Tailândia que era um dos nossos sonhos na época, só foi possível porque surgiu uma promoção e latinha estava cheia! 😀

Outra coisa, fizemos um cartão de crédito que pra cada dólar ganhava uma milha. Usavámos o cartão só pro mercado e posto de gasolina. Sei que é mais fácil de economizar usando dinheiro, mas como o mercado e o posto eram gastos quase que fixos e meiores, funcionava bem pra gente. Por exemplo, a cada 15 dias a gente gastava R$200 no mercado e R$100 no posto, aí sabíamos que iriamos gastar R$1000 no fim do mês. Estou apenas dando um exemplo para ilustrar, (sei que hoje as comprinhas no mercado custam muito mais que isso), mas o que quero dizer é que estes mil todo mês se transformavam em 300 e poucas milhas e uma vez por ano – uhullll, tinhamos uma passagem! Aí pagar uma segunda é metade do valor, neh? Assim fazemos até hoje pra viajar uma vez por ano. Fomos pra Natal, Lençóis Maranhenses, Buenos Aires, tudo com milhas.

Alguns posts que podem te inspirar a economizar

Neste post, Carolina conta como ecomizou pra ir pra ir pra Irlanda. “Percebi que eu era alvo fácil dos pacotes promocionais e muitos eu pagava sem sequer utilizar. Sabe aquele “negócio da china”? Os planos anuais em academia, clube, TV por assinatura, entre outras coisas… Cancelei os possíveis e utilizei os que sobraram, sem renovar. Fonte: E-Dublin.

Sammia, faz um post que ela define como provocativo com quatro formas de ganhar dinheiro…”você você tem noção do quanto está gastando por ano com fixos e variáveis? Sabe como enxugar sem deixar de ter o padrão de vida que tanto gosta?”  Fonte: Morando sem grana.

Martinique dá as dicas neste post: Bike, caminhadas ou transporte público são boas opções para ir aos lugares. É bom para seu bolso, saúde e para o meio ambiente. …Não precisa viver dentro de uma caverna, mas seja mais racional sobre sair e gastar dinheiro com festas e bebidas .Fonte: EF.

Economistas ensinam a guardar dinheiro para o intercâmbio – UOL Educação

E você, tem dicas de como economizar pra a viagem? Conta pra gente!

Inspirada por uma das lições mais valiosas do Vale do Silício: dê o seu melhor que a vida retribui, resolveu juntar sua experiência no segmento educação internacional, seu amor por viagens e seu entusiamo por novos negócios criando o blog para compartilhar um pouco de tudo que sabe e aprende todos os dias.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here