HomeViajar pelo mundoSan Francisco12 dicas para rodar San Francisco de cable car

12 dicas para rodar San Francisco de cable car

-

Um passeio no cable car em São Francisco pode ser a lembrança mais memorável da sua viagem pela Califórnia. Depois da Golden Gate Bridge, estes bondinhos são a atração preferida dos visitantes. É a maneira mais emocionante de conhecer alguns dos principais pontos turísticos e fotografar as vistas cênicas da cidade.

12 dicas para rodar San Francisco de cable car

1. O cable car faz apenas apenas 3 trajetos

Cable car - Powell
Cable car – Powell
  • Powell-Hyde – Sai da Powell em direção ao Fisherman’s Wharf e passando pela Lombard Street.
  • Powell-Mason – Sai da Powell em direção,  passa pelo Chinatown, Little Italy e finalizando próximo a Lombard.
  • California St – Linha que passa exclusivamente na Califórnia Street, uma das ruas mais famosas de San Francisco.

Veja o mapa abaixo:

Linhas do cable car em San Francisco
Linhas do cable car em San Francisco. Fonte: sftodo.com

2. Cable car não é só pra turista

O cable car é uma das principais atrações turísticas de San Francisco, mas não é um passeio exclusivo para turistas, é uma forma viável de transporte para os moradores também. Se você morar em San Francisco, vai utilizar o passe mensal do MUNI através do clipper card – o cartão que dá acesso a diversos meios de transporte na região, inclusive ao Cable Car, e quem mora nas ladeiras usa o bonde como principal meio de transporte diariamente.

Cable car San Francisco
Cable car San Francisco

Mas não é nada difícil de identificar os turistas!

Turistas no cable car na Union Square
Turistas no cable car na Union Square

3. E não é porque você é turista que precisa pegar 2 horas de fila

Cable car não é só pra turista, pegar ele na Powell é que é! A Powell é o Hub dos cable cars, mas para embarcar você não precisa estar no ponto inicial. Suba uma ou duas quadras para escapar da fila. É olha que é desta fila que estou falando:

Fila cable car
Fila cable car na Powell

Pode esperar em uma das paradas sinalizadas com a placa “Cable Car Stop”. Só não espere arrumar um lugar pra sentar 😛

Ponto de parada do cable car
Ponto de parada do cable car

4. Você também não precisa entrar na fila para comprar o passe

Você pode pagar a tarifa dentro do cable car, mas não tente pagar para o motorista que ele vira uma fera. Um responsável passa verificando se você tem o ticket e caso não tenha, pode pagar na hora. Os motoristas do cable car são chamados de gripman.

5. Passes como CityPASS e Muni Passport dão direito ao cable car

Passes como o CityPASS e o MUNI Passport são feitos para que os turistas possam conhecer e rodar por San Francisco. Adquirindo um deles, você podem andar quantas vezes quiser no cable car. Leia nosso artigo sobre o CityPass e Muni Passaport para entender como eles funcionam.

6. As tarifas são para um trajeto apenas

Se você não tiver nenhum passe, as viagens avulsas custam $7 por trajeto, é possível fazer a baldeação dele para um ônibus no período de até duas horas. E você pode comprar um passe ilimitado de um dia por $17.

7. O turnround e as paradas são feitas no braço

As paradas são controladas manualmente e é preciso de duas pessoas para fazer o turnround – que é a volta de retorno do bonde. Eles fazem no braço mesmo, rodando a plataforma de madeira.

Cable car turnround
Cable car turnround

8. Os cable cars funcionam o dia inteiro

O horário de funcionamento dos cable cars é das 6am até 12:30am e a frequência é aproximadamente a cada 10 minutos.

9. A Lombardi St é o principal ponto de parada

Todos os visitantes param na Lombard St, que oferece uma vista incrível da Coit Tower, Alcatraz, Angel Island, Treasure Island, da Bay Bridge e até de Berkeley.

Vista da Lombardi St.
Vista da Lombardi St.

Da Lombard ao ponto final são 10 minutos de caminhada, é mais fácil andar até o Fisherman’s Wharf que subir a Lombard novamente.

Vista do cable car
Vista do cable car

Estas são as vistas que você terá sem descer do cable car perto próximo a Lombard St. Se você for descer, leia também nosso artigo sobre a Lombard Street, a rua mais famosa de San Francisco.

10. Sente do lado estratégico

Para ter as melhores vistas, você precisa estar no lado da baía, ou seja do lado direito para os carros que saem do centro e da esquerda para os carros que saem do Fisherman’s Wharf.

Vista do cable car próximo a Lombard Street em San Francisco
Vista do cable car próximo a Lombard Street em San Francisco

11. Museu

O sistema do cable car de San Francisco foi construído em 1873. Diz a lenda que Andrew Hallidie se inspirou para construi-lo quando testemunhou cavalos morrendo para subir a Jackson Street – uma rua super inclinada. Em 1890, tinha cerca 24 linhas em operação para transportar todas as pessoas ao redor da cidade. Este sistema de cable car serviu de modelo em diversas cidades ao redor do mundo. Quem quiser conhecer toda história pode conhecer o museu do cable car na esquina da Mason St. e Washington St. O Cable Car Museum fica aberto o ano todo, é free e no trajeto do cable car Powell-Hide.

12. Não leve todas as suas compras pra passear

Coloque seus pertences no seu colo ou no pé e cuide pra não rolar ladeira abaixo. O pessoal se distrai com as paisagens e fotos e quando vê lá estão as sacolinhas rolando. 😛

Turistas no cable car
Turistas no cable car

Enjoy the ride e não deixe de fazer sua foto no postal de San Francisco.

Family no cable car
Family no cable car

Eu tenho um álbum delas, mas esta é minha preferida com o pai e a mãe passeando pela city <3

 

 

Waldana
Waldana
Inspirada por uma das lições mais valiosas do Vale do Silício: dê o seu melhor que a vida retribui, resolveu juntar sua experiência no segmento educação internacional, seu amor por viagens e seu entusiamo por novos negócios criando o blog para compartilhar um pouco de tudo que sabe e aprende todos os dias.

9 COMENTÁRIOS

  1. […] Se retornar pedando, aconselho fazer a volta logo depois da ponte. O caminho é só descida, muito leve e rápido! Chegando em San Francisco, retorne para o mesmo local para devolver a magrela. O trecho total dá em torno de 15 km, mas acredite, se eu fiz você também faz :D. Reserve no mínimo meio-dia para este passeio. Para um roteiro completo, sugiro finalizar passeando pelo pier 39, Fisherman’s Wharf e Ghirardelly Square. Você pode jantar por ali e retornar de cable car! […]

Fechado para comentários.

Leia Também

Wynwood Walls em Miami

Wynwood: O que fazer no bairro mais descolado de Miami

0
Arte por todos os lados e uma atmosfera pra lá de jovem, conheça Wynwood e saiba o que fazer no bairro mais descolado de Miami.
Perfect Day em CocoCay

CocoCay: Saiba tudo sobre a Ilha Privativa da Royal Caribbean nas...

0
Explore um dia em CocoCay, a ilha privativa exclusiva da Royal Caribbean nas Bahamas, um paraíso tropical perfeito para toda a família.
Placa I love Aruba no centro da cidade

Descubra Aruba: 12 Experiências imperdíveis para conhecer o melhor da ilha

0
O que fazer em Aruba. 12 experiências imperdíveis que revelam o melhor para descobrir e rodar toda esta encantadora ilha caribenha.