Este ano, 2017, San Francisco está comemorando 50 anos do evento que marcou a época mais importante da sua história, o Summer of Love. Para celebrar, diversos eventos estão acontecendo em diferentes partes da cidade e neste post explico como você pode voltar no tempo para curtir um pouquinho do movimento hippie que fez com que San Francisco se tornasse conhecida mundialmente pela capital da diversidade, liberdade de expressão, tolerância e dos movimentos artísticos e ecológicos. Saiba como entrar no clima do Summer of love em San Francisco.

Como entrar no clima do Summer of love em San Francisco

Summer of Love em português, verão do amor, aconteceu em 1967. Foi um fenômeno social onde milhares de jovens passaram a contestar a sociedade. Mais de 100 mil jovens vieram pra San Francisco com o objetivo de mudar o mundo e tornaram a cidade e o bairro Haight-Ashbury conhecidos mundialmente. Saiba como você pode entender mais o que aconteceu aquele ano e como a década de 60 refletem na cultura de San Francisco e dos moradores.

Summer of love
Love is all you need

Vá em uma exposição e entenda o que foi o Summer of Love

O movimento hippie foi uma verdadeira revolução e está presente até hoje no modo de ser dos San Franciscanos, seja na alimentação, no modo de ser, de pensar, está enraizado na cultura da local. As exposições que estão acontecendo pela cidade são uma autêntica máquina do tempo que te levam de volta à época em que tudo aconteceu. Se você quiser entender mais, estas são as exposições imperdíveis:

Summer of love
Summer of love em San Francisco

Jim Marshalls – 1967 Marshall foi conhecido como o “fotógrafo de rock ‘n’ roll”. A carreira de Marshall durou mais de 50 anos e ele criou centenas de imagens lendárias. Suas fotos apareceram nas capas de mais de 500 álbuns e capturaram retratos surpreendentes dos artistas da época, entre eles Janis Joplin, Jimi Hendrix, Johnny Cash, Neil Young, Bob Dylan, Allman Brothers, Led Zeppelin, The Grateful Dead, The Beatles e inúmeros outros. A exposição apresenta as fotografias tiradas por Marshall durante os eventos e cenas marcantes que fizeram o artista chamar a Haight e San Francisco de casa.

Onde? No City Hall em San Francisco, de 12 de abril à 17 de junho, das 8 às 20 horas e é free.

Summer of love
Summer of love – Exposição no Museu de Young em San Francisco

A Boutique do amor Os estilistas da época eram totalmente livres pra criarem o que bem entendessem e o estilo da década de 60 influencia como as pessoas se vestem até hoje. Conheça o que é “Bohemian Chic” com a coleção atual inspirada no estilo do verão de 67 criada por Balmain, Chloe, Alexander McQueen, Yves Saint Laurent, além das peças lengendárias da década de 60 que estão na exposição em homenagem ao 50º aniversário do Summer of Love.

Onde? Na Neiman Marcus, 150 Stockton St, de 7 à 22 de abril, das 10 às 18h e free.

Summer of love
Summer of love em San Francisco – Exposição no – de Young Museum

Um olhar gay do Summer of Love A Exposição Lavender-Tinted Glasses: A Groovy Gay Look at the Summer of Love destaca os papéis de quatro personagens importantes da época: o poeta Allen Ginsberg, o cineasta Kenneth Anger, o filósofo Gavin Arthur e a cantora Janis Joplin. Todos eles trouxeram suas perspectivas como artistas, visionários e gays e fizeram um impacto duradouro na cultura americana. A exposição mostra como a comunidade homofóbica da cidade respondeu ao Verão do Amor. O show inclui fotografias históricas, artefatos e coleções particulares da Sociedade Histórica GLBT.

Onde? GLBT History Museum, 4127, 18th Street. Acontece de 8 de abril à 19 de setembro, das 11 às 18 horas e custa $5.

Summer of love
Summer of love em San Francisco

Summer of Love: Art, Fashion and e Rock & Roll O de Yound Museum praticamente trouxe um pedaço do Haight-Asbury pra dentro do museu. Nós fomos conferir a abertura e a exposição está fantástica! Na entrada tem todas as plaquinhas típicas da Haight comparando 1967 e 2017.

Summer of love
Summer of love em San Francisco

São mais de 300 itens expostos, incluindo objetos, fotografias, rock-posters, trajes e tudo que você pode imaginar que marcou a arte, moda, música e política da época. No dia tinha muitas pessoas vestidas a carácter. Inclusive tinha uma das mulheres que se tornou famosa por aparecer com Jimi Hendrix e contou que cobrava $ 0,25 na época pra quem quisesse ter uma lembrança com ela, a moça estava com o livro criado pelo museu na mão e dizia, eu sou esta aqui oh!

Summer of love
Summer of love em San Francisco

Um dos tiozinhos me olhou com lágrima nos olhos e disse: Ah, você não tem ideia de como eramos felizes! Esta era da tecnologia transformou a nossa cidade. A Mary do Hotel California Blog conta tudo sobre a exposição no post: 50 anos do verão de 1967. No fim você pode passar na loja e adquirir uma das lembrancinhas que foram criadas exclusivamente pro evento. A exposição acontece no de Young Museum no Golden Gate Park das 9:30 às 17:15 de terça à domingo.

Summer of love
Summer of love Experience no de Young Museum

Ps. Eu me senti um ser do outro mundo sem ter uma roupa colorida por lá e até roubei uma florzinha do arranjo da mesa pra entrar no clima: Flower Power! 😛

Faça um tour onde tudo começou

O bairro Haight-Ashbury foi onde tudo aconteceu. Foi lá que começou o movimento hippie e mesmo depois de muitos anos eles mantém um estilo de vida pouco convencional que se reflete em todas as características da cidade. Quem tiver o interesse de se inserir na cultura da época, neste post explico melhor sobre o bairro, sobre como surgiu o movimento e o que você não pode deixar de conhecer por lá:

Summer of love
Summer of love em San Francisco

Quem tiver interesse de fazer uma imersão, estes são os tours que prometem te tornar um hippie por um dia:

San Francisco Love Tours Passeie dentro de um kombi pela cidade com San Francisco Love Tours e experimente como um dia qualquer na cidade te fará voltar  nos anos 60.

Magic Bus Experience Esta aventura de mais de duas horas, propriadamente intitulada “Máquina do Tempo”, é uma combinação de teatro, cinema, música e passeios turísticos que permite aos visitantes viajar para o verão de 1967.

San Francisco Electric Tour Company Os passeios oficiais de Segway pelo Golden Gate Park, berço do Verão de Amor, são totalmente narrados neste tour. A viagem inclui um passeio pelo Hippie Hill passando pela Janis Joplin Tree. Guias profissionais contam o que aconteceu por ali na época.

Avital Food Tours – Haight-Ashbury Sabia que cooperativas alimentos de San Francisco nasceram do Summer of Love? Imagina que bacana ouvir as histórias diretamente dos proprietários e chefs locais. Passeios a pé para experimentar comidas típicas estão disponíveis nos bairros icônicos em toda a cidade, incluindo Haight-Ashbury.

Detour Peter Coyote foi um dos ativistas do Summer of love e ele mesmo oferece passeio a pé no bairro contando sua versão sobre o épico Verão do Amor.

Flower Power Walking Tours Este tour é um passeios a pé pelo bairro Haight-Ashbury, onde você vai entender sobre rock & roll, arte, moda e arquitetura, incluindo a casa dos principais artistas que viveram no bairro hippie.

Wild SF Walking Tours  “Uma Viagem Musical aos Anos 60” liderada por apaixonados, guias e artistas locais empenhados em compartilhar as histórias dos heróis inspiradores que definem San Francisco, este é o tour prometido pela Wild SF.

Toda semana a biblioteca pública de San Francisco também oferece walking tours que são tours guiados explicando toda a história desta época. O tour acontece várias vezes por semana e é free.

Baixe as músicas e entre no clima

Summer of love
Summer of love em San Francisco – Exposição no de Young

If you’re going to San Francisco
Be sure to wear some flowers in your hair
If you’re going to San Francisco
You’re gonna meet some gentle people there

Pra você que quer curtir um pouco as músicas que marcaram o verão do amor, o San Francisco Travel criou uma rádio super bacana pra você ouvir no Spotify! Confira os artistas que não podem ficar de fora da playlist quando o assunto é Summer of Love.

Visite os lugares preferidos dos artistas e entenda

Vá nos lugares que marcaram a trajetória de Janis Joplin, Jimi Hendrix e Grateful Dead. São cantinhos bacanérrimos e super descontraídos pra conhecer em São Francisco. Neste post conto sobre Artistas e lugares que eternizaram o Summer of Love.

Vá num festival em Monterey e curta como se estivesse em 1967

Monterey foi onde simples cantores locais se tornaram artistas conhecidos mundo afora. Foi lá que artistas como Janis Joplin, Ravi Shankar, The Who e Jimi Hendrix se apresentaram e foram escolhidos a dedo por produtores que vinham pra região em busca de talentos. Os eventos mudaram a história da música para sempre e neste ano à celebração do 50º aniversário do verão do amor será realizada durante o mesmo fim de semana e no exato local do original. O Monterey Pop Festival acontece nos dias 16 à 18 de junho e promete trazer os melhores artistas pra um festa digna do Summer of love.

Summer of love
Summer of love em San Francisco

Suba no palco com seu artista favorito

Como assim subir no palco? Isso mesmo, quem tiver o interesse de ver estes personagens ilustres de pertinho ainda consegue, basta ir no museu de cera! Além dos personagens como Copolla, Steve Jobs, o que não falta por lá é o pessoal da geração Paz e Amor.

Conto tudo aqui: Surpreenda-se com o Museu de cera em San Francisco

Summer of love
Curtindo com a Janis Joplin no Golden Gate 😛 – Museu de cera de San Francisco

Só no Madame Tussaud em San Francisco você tem a chance de subir no palco Jimi Hendrix e se sentir uma estrela do rock! 😛

Summer of love
Show com Jimi no museu de cera de San Francisco

Confira todos os eventos agendados para celebrar o Summer of love e não deixe de reservar um tempo pra relembrar a época mais louca que San Francisco já viveu!

Peace and love pra você!

Inspirada por uma das lições mais valiosas do Vale do Silício: dê o seu melhor que a vida retribui, resolveu juntar sua experiência no segmento educação internacional, seu amor por viagens e seu entusiamo por novos negócios criando o blog para compartilhar um pouco de tudo que sabe e aprende todos os dias.