Se você vier passar um tempo para estudar ou empreender na Bay Area é bem provável que você queira morar em San Francisco. San Francisco é onde “tudo acontece”. É onde se concentram a maioria das atividades, eventos, têm muitas opções de escolas de idiomas, co-workings, muitas empresas do Vale tem um escritório no centro, a cidade é toda cênica e linda. No entanto, morar em San Francisco é uma realidade para poucos. Neste post compartilho um pouquinho da minha experiência com dicas de lugares que você pode considerar se quiser mudar pra região.

Onde morar nos arredores de San Francisco

Onde morar nos arredores de San Francisco
Onde morar nos arredores de San Francisco – vista Grand View Park

Morar em San Francisco

Você provavelemente já ouviu falar que San Francisco é hoje a cidade com o maior custo de aluguel do país. Você precisa estar disposto a gastar uma fortuna ou é obrigado a procurar por regiões com um custo mais acessível, que foi o que eu fiz.

Por que eu não moro em San Francisco?

Eu sou apaixonada por San Francisco, de verdade <3 Toda vez que eu vou dar um passeio, vou em um evento, em uma aula, eu suspiro e digo: quero morar aqui. Inclusive minha melhor experiência na Bay Area foi quando fiquei no Financial District. Toda vez que passo ali na frente olho com carinho pro lugar que ainda chamo carinhosamente de “minha casa”. #sqn

Mas por que não moro em San Francisco? Simples, a cidade é muito cara. Na primeira vez que viemos pra SF moramos temporariamente num quarto de uma destas casinhas vitorianas que é a cara da cidade, linda! A empresa era a responsável pelo aluguel que era em torno de $3.500 – barato na época. Depois fomos pra um estúdio, o prédio era velho, o lugar minúsculo, mas embora fosse menor, tinhamos mais privacidade, era perto do centro, ok pra um casal. O aluguel era $1700, isto em 2012. Quando retornamos em 2014 pra definitivamente morar em SF o mesmo estúdio era $2800, sim, isto por um quarto/ banheiro e mini cozinha. O aluguel simplesmente deu uma turbinada sem noção. Nós não estávamos dispostos a pagar tudo aquilo pra nem sequer ter um quartinho. Então nossas opções eram mais ou menos estas: Aluguel absurdo pra morar bem no centro da cidade, aluguel um pouco menos que o absurdo num prédio velho afastado do centro em SF + uma hora pra chegar no trabalho/ escola ou se mandar dali! Pagar 3-4 mil de aluguel estava fora de cogitação.

Além do preço, muitas pessoas não moram em San Francisco por que acham a cidade gelada, feia. Embora faça sol e dias lindos, geralmente tem neblina e é frio todo fim de tarde. A temperatura média é em torno de 14 graus e é só passar as pontes que você já consegue sentir a difereça no clima. Segundo, se você gosta de viajar, saiba que ter carro em SF é quase que um luxo, garagem é cara e estacionamento mais ainda. Você vai precisar pensar 10x pra ter um carrinho por lá. Terceiro, tem quem prefira morar nas cidades menores simplesmente porque gosta do clima de subúrbio, das cidadezinhas do interior.

Bairros baratos para morar em San Francisco

Quem faz questão de morar em San Francisco e quer pagar menos, pode considerar bairros como Sunset e Richmond nas redondezas do Golden Gate Park. West Portal, Balboa e Glen Park e próximo a praia Ocean Beach. Nestes bairros você consegue um preço melhor por um lugar razoável. Deve considerar apenas que vai depender do transporte para ir até o centro, mas isto não é um problema, já que o transporte na cidade toda é ótimo.

Sunset em San Francisco
Sunset em San Francisco

Outras opções para quem quer economizar é morar em uma casa de família, residência estudantil, hostel ou dividir um apartamento com outras pessoas.

Cidades para morar próximas a San Francisco

Morar em San Francisco
Morar em San Francisco

Saindo um pouquinho da cidade, outras regiões que tem muitos brasileiros devido ao preço e o acesso, são os arredores do aeroporto: Daly City, South San Francisco, Milbrae, San Bruno. Quem curte praia pode considerar Pacifíca. Estas regiões você consegue pagar menos e usar o transporte público diariamente caso precise ir e voltar pra San Francisco todos os dias.

O problema de Daly City é que a cidade costuma ser cinza, coberta de neblina 🙁

Outra opção também é Marin City que fica depois da Golden Gate Bridge. Esta região é bem charmosa e costuma ser mais em conta, só que o acesso mais fácil para San Francisco é via Ferry e os horários são limitados.

Onde morar nas redondezas de San Francisco?

North Bay, East Bay, South Bay, Peninsula. E agora, pra onde ir?

Entendendo a Baía de San Francisco – Bay Area

Primeiro é interessante conhecer a região. Para quem não conhece, a Bay Area, que traduzindo é a baía de San Francisco, tem a cidade de San Francisco como ponto de referência, mas o termo Bay Area inclui muito mais que a principal cidade da região e os municípios vizinhos. Outras 4 regiões formam o que chamamos aqui de Bay Area: são elas: North Bay, East Bay, South Bay e a Peninsula. A região toda tem 9 condados, 101 cidades e 7 mil milhas quadradas. Neste post explico com detalhes:

Onde morar na East Bay – cidades vizinhas a San Francisco

A East Bay é a região leste da Baía, onde moram a maioria das pessoas que querem fugir do aluguel exorbitante, mas que dependem de San Francisco devido ao trabalho. A região é enorme e o metrô se divide em duas linhas principais, uma que dá acesso a Richmond onde a principal cidade é Berkeley onde fica a Universidade da Califórnia e outra linha é Pittsburg onde ficam as cidades de Lafayette e Moraga que costumam ser mais caras devido as escolas de qualidade na região. Fazendo um parentes aqui, pras crianças poderem estudar na maioria das escolas da Bay Area é preciso morar nas redondezas, e por ist,o quanto melhor a escola, mais caro é pra morar naquela região.

Mas é certo que se você morar na East Bay, o Bart, que é nosso metrô, fará parte do seu dia-a-dia e você vai gastar entre 6 à 11 dólares por dia de transporte, além de ficar de 20 à 50 minutos por trecho para fazer o trajeto East Bay – San Francisco. Pra no começo era cansativo pegar o Bart, hoje acho super tranquilo e pra muitos brasileiros de cidades grandes 1 hora de transporte é bem normal. O pessoal vai trabalhando, senta, ouve música. Tranquilo!

Morar em Alameda

A primeira cidade ao lado de San Francisco é Alameda, a cidade é uma ilha e portanto cercada pelo mar. Dá até pra pegar uma praia. A região de Bay Farm Island é encantadora. O problema de Alameda é o transporte. Para ir para San Francisco de Alameda tem que pegar um busão, ferry ou se você curte pedalar, precisa ter uma bike até o ferry.

Morar em Oakland

A próxima cidade, do ladinho de SF é Oakland. Oakland já foi conhecida como a cidade mais perigosa do país, mas mudou muito nos últimos anos. Com os aluguéis caros em SF, muitas empresas migraram seus escritórios pra lá e a cidade está com uma estrutura bem bacana, muitos restaurantes e condomínios novos. Algumas regiões por lá são lindas, mas outras ainda continuam com um aspecto duvidoso e morar lá é 8 ou 80, ou a pessoa ama, ou odeia. Muita pesquisa nesta hora, caso você decida morar por lá e dependa do metrô à noite. Nesta região eu daria preferência por Rockridge 😀

Morar em Emeryville

Emeryville é onde fica a sede da Pixar. A cidade tem uma marina linda, é super fofa e eletizada. Muita gente também evita Emeryville devido ao transporte. Tem uma shuttle que circula o centro, mas os horários e regiões por onde ela passa são limitados. E você vai precisar ir até Oakland para pegar o metrô para San Franscisco.

Caso contrário o acesso de qualquer cidade da East Bay via carro, vai depender da ponte/ pedágio e muito trânsito!

Morar em Berkeley

Logo depois está Berkeley, uma cidade universitária que eu adoro. O acesso de lá pra San Francisco é menos de meia hora, tem muitas escolas de inglês, dá pra fazer um curso no campus, conviver com estudantes do mundo inteiro. Moraria lá tranquilamente. As cidades depois, acho um pouco longe pra quem vai depender do transporte.

Pegando a linha Pittsburg Bay Point, depois de Rockridge tem Lafayette, Orinda, Moraga que são cidades bem família e super bonitinhas. A maioria das pessoas por ali mora em casas e o aluguel é uma forca. 🙁 Vale lembrar que esta região é bem cara devido as escolas de alta qualidade. Para estudar nelas, é preciso morar nas redondezas então dependendo do local, quanto melhores as escolas, mais caros são os imóveis. Neste post explico melhor sobre a burocracia de mudar com filhos e depender das escolas.

Morar em Walnut Creek

Walnut Creek eu sou suspeita a falar, pois é a cidade que morei a maior parte do tempo desde que cheguei na região. É a cidadezinha que acho mais linda de toda a East Bay. Dizem por aqui, que é onde os aposentados ricos moram. A cidade tem tanto mansões lindas e caras, como apartamentos com valores mais razoáveis. Eu morava do ladinho do Bart, num apê de um quarto por metade do preço de um estúdio em San Francisco. Hoje os valores também subiram, mas tem também Pleasant Hill que é ao lado, tem imóveis mais em conta e uma cidade é grudada na outra. Depois de Pleasant Hill o valor diminui bastante, mas também acho longe demais e não recomendo pra quem depende de San Francisco.

Se você seguir a East Bay logo chega em Napa Valley. A vantagem é estar mais próximo de Tahoe pra esquiar no inverno 😛

Morar no Vale do Silício – South Bay

Muitos brasileiros vem trabalhar em empresas do Vale do Silício. O Vale fica aproximadamente uma hora ao sul de San Francisco, região conhecida como South Bay. E se você pensa que alugar um apê em cidades como Palo Alto, Santa Clara, San José, Cupertino, Menlo Park, Sunnyvalle ou Mountain View é mais conta, lamento te dizer, mas o preço é similar a San Francisco ou ainda maior. O custo de vida, com certeza é mais elevado. Bom, é nesta região que se concentram as principais empresas de tecnologia e no geral o pessoal por lá tem um padrão de vida mais alto nível.  No Vale, as coisas são mais dispersas e viver sem carro é “punk”. O mercado é ali do lado, mas do lado, tipo 3 milhas! Entende? Vai fazer isso a pé…é um sacrifício danado.

Neste caso, ter carro não é um luxo, mas uma necessidade. A maioria das empresas oferece transporte entre as cidades e o trabalho. Mas quem precisa ir com frequência pra SF é extremamente importante morar perto das linhas de transporte público, neste caso do: VTA, Caltrain e por aí vai. Os imóveis próximos do trem são mais disputados e caros e caso você more por lá e trabalhe em San Francisco é Caltrain que fará parte do seu dia-a-dia. Considere uns $12 por dia pra gastar com transporte.

Vale lembrar também que as pessoas que mudam pro Vale geralmente preferem morar em casas. O aluguel de um apartamento simples de 1 quarto geralmente é apartir de $2.600, e casas a partir de $3200.

Cidades próximas com valores mais acessíveis que você pode considerar são: Campbell, Fremont, Los Altos, Los Gatos, Milpitas, Newark, Saratoga.

Tenho amigos que gostam de Freemont por ser o extremo do Bart mas ao lado do Vale e Milpitas, por ser o extremo do Vale e estar ao lado do Bart 😀 São cidades que têm o custo de vida menor e  é mais fácil pra quem quer morar no Vale e prefere usar o metrô.

Não dá pra morar na East Bay e ir pro Vale diariamente, é super cansativo, tanto de transporte público, já que tem que fazer conexão e é caro e longe, quanto de carro. O trânsito é terrível.

Morar entre o Vale do Silício e San Francisco

Uma alternativa pra juntar o útil ao agradável – digo, pagar menos e ficar próximo, é morar no meio do caminho, entre o Vale e San Francisco. Boas opções são as cidadezinhas de Redwood City, San Mateo e Burlingame. Mas note que neste caso é bem provável que você precise se deslocar todos os dias ou pra San Francisco, ou pro Vale.

Se você for passar uns meses na região apenas, eu não recomendo. Se quer vivenciar o Vale, considere passar uma temporada em uma cidade do Vale do Silício ou pelo menos dividir sua acomodação entre San Francisco e o Vale.

Os amigos solteiros, jovens e festeiros, que querem curtir as atrações e viajar, fazer intrcâmbio, curso de inglês, curso de extensão em Stanford, aconselho a morar em SF e vão ir pro Vale quando necessário.

Inspirada por uma das lições mais valiosas do Vale do Silício: dê o seu melhor que a vida retribui, resolveu juntar sua experiência no segmento educação internacional, seu amor por viagens e seu entusiamo por novos negócios criando o blog para compartilhar um pouco de tudo que sabe e aprende todos os dias.

Comentários

comentários

1 comentário

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here